Cibercrime cresce mais sofisticado

“Os atacantes evoluíram desde simples fraudes para campanhas de espionagem altamente sofisticadas, que tiveram como alvo algumas das maiores empresas mundiais e entidades governamentais”, constata Stephen Trilling, vice presidente sénior da área Security Technology e Response da Symantec. O fabricante lançou o seu último relatório sobre o estado da segurança na Internet durante o ano de 2009.

As principais tendências observadas no relatório deste ano incluem:
– Um aumento do número de ameaças-alvo focadas nas empresas. Tendo em conta o potencial de ganho monetário a partir da propriedade intelectual (IP) empresarial comprometida, os cibercriminosos estão a dirigir a sua atenção para as empresas. O relatório conclui que os atacantes estão a aproveitar-se da informação pessoal disponível, de forma aberta, em sites de redes sociais, para arquitectar ataques de engenharia social em indivíduos chave dentro de empresas alvo. O Hydraq adquiriu uma elevada notoriedade no início de 2010, mas esse foi apenas o mais recente de uma longa lista de ataques do género, incluindo o Shadow Network, em 2009, e o Ghostnet, em 2008.

Fonte: ComputerWorld

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s