Facebook: ONG ensina a bloquear Personalização Instantânea

Um dia após o lançamento do recurso, Electronic Frontier Foundation ensina a impedir que dados pessoais sejam compartilhados com empresas.

Mal foi lançado pelo Facebook, o recurso que compartilha informações públicas dos usuários com anunciantes parceiros da rede social tem levantado discussões sobre a política de privacidade da empresa.

Anunciado na F8 Developer Conference, na quarta-feira (21/4), o Instant Personalization (Personalização Instantânea) permite que as informações dos usuários sejam compartilhadas de forma automática. Desde então, ele tem sido principal alvo das reclamações.

Uma das respostas ao Instant Personalization veio da organização não governamental norte-americana Electronic Frontier Foundation (EFF), que defende as liberdades civis no meio digital. No dia seguinte ao do anúncio, ela publicou em seu site um roteiro que ensina como configurar o Facebook para impedir o compartilhamento de dados pessoais.

Acesso livre
Com a personalização, um usuário da rede social que visita o site de uma empresa parceira do Facebook poderá ter seus dados pessoais (como nome, foto, gênero e conexões) copiados, pela empresa, de sua conta.

Se você visitar a rádio web Pandora (que é um dos primeiros sites parceiros do Facebook), por exemplo, poderá descobrir, por seu perfil, quais são seus artistas preferidos, criar listas de reprodução compatíveis com suas preferências e notificar todos os seus amigos na rede social.

As críticas têm sido voltadas à politica do Facebook de fazer do compartilhamento de dados um procedimento padrão. Se o usuário não quiser participar, terá de bloquear a aplicação específica.

Por padrão, a opção Permitir já está marcada nas configurações de privacidade. Se você não quiser que os sites obtenham seus dados, você deverá desmarcá-la.

Como bloquear
Mas desmarcar essa opção não basta, ensina a EFF. Segundo o Facebook, “se você optar por sair, seus amigos ainda poderão compartilhar informações públicas sobre você para personalizar sua experiência de uso nos sites parceiros”.

Assim, para bloquear os sites parceiros, será preciso visitar as páginas dessas empresas no Facebook e bloqueá-las uma a uma.

Para bloquear a Personalização Instantânea, entre no Facebook e clique em “Conta” (no canto direito da tela). Escolha “Configurações de Privacidade” e, em seguida, “Aplicativos e Sites”. Uma das opções da tela será “Personalização Instantânea”. Clique em “Edit Settings”, à frente dessa opção. Se a caixa de escolha estiver marcada, desmarque-a.

Já para bloquear os aplicativos das empresas parceiras, será preciso visitar suas páginas no Facebook. Sem se desconectar do Facebook, abra as páginas Microsoft Docs, Pandora e Yelp. No menu esquerdo, escolha Bloquear Aplicativo.

Para checar se o aplicativo está mesmo bloqueado, volte a “Configurações de Privacidade”, “Aplicativos e Sites” e clique em “Aplicativos bloqueados” para ver a lista dos bloqueios efetuados.

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s